Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

Brasil sai na Frente na Agenda Climática

Imagem
Em audiência pública nesta terça-feira (23/08) no Senado Federal, representantes do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e do Legislativo debateram sobre a participação na COP22 e declararam que medidas adotadas neste ano fizeram o País sair na frente na agenda para o desenvolvimento de uma economia de baixo carbono. Essa agenda inclui medidas para aumentar o uso de biocombustíveis, políticas de preservação de biomas, entre outras ações ligadas ao tema. 


Vale lembrar que, mesmo antes de o Acordo de Paris sobre mudança do clima entrar em vigor, o Brasil já ganha destaque nas metas nacionais para conter o aquecimento global. Em julho, tivemos a ratificação pela Câmara dos Deputados e no mês seguinte foi a vez do Senado Federal aprovar o documento, essa rapidez já aponta a urgência com que o assunto foi tratado.
Um dos assuntos tratados na audiência foi o avanço energético brasileiro com a aprovação da lei que eleva os percentuais de adição de biodiesel ao óleo diesel. Segundo o diretor de Mu…

Ministério das Energias Limpas: Eu Apoio!

Imagem
Para começar, queria dizer que a criação de um Ministério das Energias Limpas é uma ideia minha e não foi cogitada por ninguém do governo, porém tudo o que ganha força na internet pode se tornar realidade. Apoio o incentivo da energia solar no Brasil, a despoluição da Baía de Guanabara e multas para os Estados que não despoluírem seus rios ou lagos. No final de 2015, durante a COP 21, foi firmado o Acordo de Paris, novo acordo sobre mudanças climáticas, cujo objetivo central é fortalecer a resposta global à ameaça da mudança do clima. Esse novo documento pôs fim ao Protocolo de Kyoto (antigo acordo sobre o clima). Esse novo acordo enviou um forte sinal para a iniciativa privada de que a economia agora está voltada para as energias renováveis, pondo fim à era dos combustíveis fósseis (carvão, gás natural e petróleo).



Leia também: Primeiro País Industrializado a Ratificar o Acordo de ParisCerimônia de Assinatura do Acordo de ParisMatriz Energética Brasileira
Se nas épocas de guerra, no Bra…

O Maior Desastre Ambiental da História do Brasil

Imagem
No dia 5 de novembro de 2015, a barragem de Fundão ( pertencente à mineradora Samarco), cheia de rejeitos de mineração se rompia na região central de Minas Gerais e cobria de lama no distrito de Bento Rodrigues - aproximadamente 600 habitantes - da cidade de Mariana. O episódio será lembrado como o pior acidente da mineração brasileira. que teve impactos ambientais ainda piores, com rejeitos de minério se espalhando por rios, lagos até chegarem aos mares, levados pela maré. Não precisa nem comentar que biodiversidades e ecossistemas foram afetados negativamente pelo ocorrido. Porém, hoje podemos constatar que a lama não ficou restrita a essa região. Esse acidente serve para alertar para a criação de medidas mais eficazes de segurança para as mineradoras e para os que moram no seu entorno.

Leia também:Economia Verde10 Vantagens do Telhado VerdeAviso aos Leitores
Rompimento da BarragemO rompimento da barragem provocou uma enxurrada de lama que devastou o distrito de Bento Rodrigues, deixa…

Aprovação do Acordo de Paris no Senado Federal

Imagem
Em dezembro de 2015, os países chegaram a um acordo em defesa do clima. Em abril, houve a cerimônia de assinatura na sede da ONU (Organização das Nações Unidas) em Nova York. Em julho, o tratado internacional foi aprovado na Câmara dos Deputados e, agora, mais um novo passo rumo à ratificação interna do acordo sobre o clima foi dado. O Senado Federal aprovou nesta quinta-feira (11/08)  a adesão brasileira ao Acordo de Paris, um esforço mundial para conter a mudança do clima. Nesse cenário, o Brasil será uma das primeiras potências a confirmar a participação no Acordo firmado na COP 12 (21ª Conferência das Partes).




Leia também: Primeiro País Industrializado a Ratificar o Acordo de ParisRepercussão do Acordo de Paris no Mercado de Energias RenováveisMercado de Trabalho: As 8 Profissões do FuturoPara o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, a rapidez na tramitação reforça o comprometimento brasileiro com a questão climática. "A ratificação pelo Congresso significa a confirmação dos …

Sustentabilidade nas Olimpíadas 2016

Imagem
A abertura dos Jogos Olímpicos 2016 foi sem dúvida a cerimônia de abertura mais verde da história e vai ficar para sempre guardada na memória do nosso País. A festa aconteceu na sexta-feira (05/08) e o palco da cerimônia foi o estádio do Maracanã. Um dos assuntos mais exaltados no evento foi a sustentabilidade e lançou o questionamento: Será que estamos cuidando bem do nosso lar? A palavra sustentabilidade significa que algo pode ser feito por muito tempo, sem comprometer gerações futuras. Não é isso que acontece atualmente e, se continuarmos nesse ritmo, o futuro será incerto.
Leia também: As 100 Empresas Mais Sustentáveis do MundoMatriz Energética BrasileiraEmbalagens Acabarão com os Oceanos


Uma coisa é certa: Não podemos simplesmente continuar fazendo as mesmas coisas como sempre fizemos, não podemos simplesmente continuar vivendo como fazíamos no século XX, pois estamos no século XXI. Se olharmos para trás na história da humanidade, cada século teve uma linguagem própria, um tema pró…

Cidade Olímpica: Acessibilidade e Sustentabilidade

Imagem
Na sexta-feira (05/08) aconteceu a cerimônia de abertura da Rio 2016 no Estádio do Maracanã, porém o palco da maioria das competições será outro. O Parque Olímpico ou Cidade Olímpica ficará conhecida eternamente como o coração dos Jogos Rio 2016 e o principal polo de competições da cidade. Na verdade, a cidade olímpica nasceu por meio de uma grande transformação de um cenário degradado às margens do Complexo Lagunar da Barra da Tijuca, cuja despoluição era uma das promessas olímpicas na área da sustentabilidade. O local é uma área maior que o bairro de Ipanema, cerca de 1,18 milhão de m², e será palco de 16 modalidades olímpicas e nove paralímpicas.

Leia também:Legado dos Jogos na Área da Mobilidade UrbanaUm dos Maiores Legados Deixados pelos JogosVLT: Legado dos Jogos
SustentabilidadeA sustentabilidade ocupou o centro das preocupações desde a concepção do projeto, com recuperação das margens da Lagoa de Jacarepaguá, a recomposição do mangue no entorno e o plantio de espécies nativas da…

Telhado Verde: Solução Arquitetônica

Imagem
Já havia falado aqui no blog sobre 10 vantagens de se ter um telhado verde, mas achei legal complementar o assunto para não deixar margem de dúvida. Telhado verde nada mais é do que uma inteligente solução de arquitetura sustentável, que proporciona economia de dinheiro e conforto térmico, isso porque a cobertura verde demora para esquentar mesmo em dias muito ensolarados. Isso ajuda a manter a temperatura interna do ambiente neutra em períodos de calor ou frio intensos. Com o crescimento das cidades, cada vez mais as residencias possuem menos espaços para áreas verdes. Então nada melhor que subir essas áreas verdes para a parte superior das casas e prédios. Pensando nisso, nasceu o conceito de eco telhado ou telhado verde, que nada mais é do que recobrir uma lage pavimentada com algum tipo de vegetação, como um gramado ou outros tipos de plantas locais. 


Leia também:10 vantagens do telhado verdeEconomia verdeProblemas com chuvas e tempestades
Regulador de temperaturaNas regiões onde pr…

Enfim, Inauguração da Linha 4 do Metrô no RJ

Imagem
Depois de seis longos anos de obra, muita buraqueira pela cidade e muita perturbação, a novela teve um fim. A inauguração oficial da Linha 4 do Metro do RJ aconteceu no sábado (30/07) e contou com a presença do Presidente em exercício Michel Temer. Temer desembarcou na Estação Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, Zona Sul do Rio por volta das 10h33 da manhã. Estiveram presentes também o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o ministro do Esporte, Leonardo Picciani, o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, o governador do Rio, Francisco Dornelles e o governador licenciado Luiz Fernando Pezão. 

Lei também:
Linha 4: Mobilidade UrbanaNa reta final: Linha 4 segue a todo vaporMais um legado dos Jogos Olímpicos
A Praça Nossa Senhora da Paz (onde fica a estação) estava com forte aparato de segurança, com vários militares armados. Maior obra de mobilidade urbana da cidade desde os anos 1980, a nova linha terá 16 quilômetros de extensão e 6 novas estações. Mais de 300 mil pessoas serão benefi…