Michel Temer Assina o Acordo de Paris Contra Mudanças Climáticas

O presidente Michel Temer assinou nessas segunda-feira (12/09) o Acordo de Paris sobre mudanças climáticas, que foi firmado em dezembro de 2015 durante a COP21 e aberto para assinaturas em abril de 2016. 175 dos 190 países assinaram o documento contra mudanças climáticas, mas, agora, precisam ratifica-lo internamente, ou seja, torná-lo lei nacional. Esse dia ficará para a hitória de quando o Brasil entrou no pacto mundial contra o aquecimento global.

validação do acordo de paris
O presidente Michel Temer assina o instrumento de ratificação, que
confirma a participação do País no pacto para conter o aquecimento global.

Em menos de um ano, o Brasil concluiu a validação nacional do Acordo de Paris (assinatura, aprovação na Câmara dos Deputados e no Senado) sobre mudança do clima, essa rapidez demonstra a urgência com que o tema está sendo tratado. Esse ato confirma a ratificação interna do Brasil e, agora, o país se junta aos 27 países que já ratificaram internamente e reunirão esforços para conter o aquecimento global.

Nesse contexto, o Acordo seria o protocolo de Kyoto da nova geração. O objetivo é desenvolver uma economia de baixo carbono e, com isso, frear o aumento da temperatura média do planeta. O ministério do meio Ambiente esteve presente na cerimônia de ratificação.


Curta a Fanpage do blog no Facebook para ser notificado das últimas postagens e siga também no Twitter.

Postagens mais visitadas deste blog

[Data Comemorativa] Dia Mundial da Água

Raios UVA, UVB, Vitamina D, Protocolo de Montreal e Buraco na Camada de Ozônio

O que são Eventos Extremos?

30 Anos do Desastre de Chernobyl

Problemas com Chuvas e Tempestades: Queda de Árvores